Sunday, 27 September 2015

Tarte de abóbora / Pumpkin pie



Tartes. O que há para não gostar? Um recheio saboroso, fresco, doce, sob uma base crocante. Em cada garfada as duas texturas fundem-se e nós atingimos o paraíso. Há melhor? Talvez se for uma tarte que não pesa na consciência ou na balança, ou um foundant de chocolate, mas isso fica para outra altura. Por agora deixo-vos com uma tarte de abóbora - tinha de ser, o Outono chegou - com um recheio delicioso e uma base de aveia porque a aveia é aquele ingrediente que já não dispenso na cozinha.

Tuesday, 22 September 2015

Sabe a bolo mas não é / Tastes like cake but it isn't


Há varias maneiras de enganar o nosso cérebro num momento em que ele nos trama com um ataque de gula. Acontece-me que sofro frequentemente desses ataques (não fosse a maior parte das receitas ser de bolos..) e já aprendi umas técnicas para não enfardar um pacote de bolachas ou tablete de chocolate. Trago-vos hoje umas dicas e espero que também consigam pregar uma partida ao vosso cérebro.
 ....... 
There are many ways to trick your brain when you're suffering from cravings and sweet tooth. This happens to me quite often (as you can probably tell from the amount of sweet recipes here on the blog..) so I've learnt a few tricks to fool my brain and avoid junk food. Hope this works with you and that you can fool your brain as well.

Saturday, 19 September 2015

Bolachas de aveia / Oat biscuits (vegan)



Mais uma receita de bolachasAndava mortinha por experimentar fazer bolachas. Mas bolachas a sério, daquelas crocantes como as de pacote, que matam o desejo "apetecia-me algo..." e que vão super bem com um chá nestes dias mais frios. Fiz-me à cozinha com esse objectivo e a missão foi bem sucedida! Bolachas crocantes, saborosas e maravilhosas molhadas no chá, tal e qual como eu queria. Para além de saírem muito mais baratas que as bolachas de supermercado, são mais saudáveis e sem ingredientes XPTO estranhos. Esta receita pode ser adaptada de mil e uma formas e ao vosso gosto. Adicionem raspa de limão ou de laranja. Coloquem pepitas de chocolate ou passas. Adicionem frutos secos ou desidratados. Polvihem com canela ou côco ralado. E a lista continua. Se também andam com vontade de comer bolachas (ou devorar um pacote), esta receita não vos vai desiludir.

Monday, 14 September 2015

Lisboa

E para terminar as férias veio-se até à "menina e moça", Lisboa. Um fim de semana foi o suficiente para admirar os cantos mais bonitos da cidade e para matar saudades desta maravilhosa capital. Depois destas férias e de fazer um break nas receitas, daqui a uns dias elas voltarão e bem deliciosas. Agora, deixo-vos com Lisboa pelos meus olhos (ou pela câmara..).
                                                                                   .......................
To enjoy my last days of vacation, I made a short and sweet trip to Lisbon, the beautiful capital of my country. A weekend was enough to admire and feel the great places this city has to offer. After a break on my recipes posts I'll be back on track within a few days with delicious ideas (stay tuned!). For now, I'll leave with Lisbon through my eyes (or through the camera..).

Tuesday, 1 September 2015

Biscoitos de erva doce e canela ou chocolate / Fennel seed and cinnamon cookies


Estou de volta! E hoje, com uma receita de umas bolachinhas para matar a gula que vem das férias. Qual o truque para fazer umas bolachas sem açúcar (processado) mas igualmente deliciosas? Canela e erva doce. Dois sabores intensos que nos fazem esquecer que as bolachas têm de ser doces. Ao provar a massa crua pensei que não ía sair grande coisa do forno, mas assim que provei o resultado final fiquei incrivelmente enganada. O sabor da erva doce, que nos faz lembrar o sabor a folar, misturado com o sabor da canela e das tâmaras é surpreendentemente delicioso. Estes biscoitos lembram-me aqueles bolinhos conventuais ou daquelas lojas "gourmet" com sabores bem rústicos e nada artificiais. São deliciosos. Ligeiramente crocantes por fora e com uma massa macia, com um sabor intenso a canela. Se não forem fãs de canela, podem usar pedacinhos de chocolate que também resulta. De ambas as formas, são maravilhosos.